Para despistar Polícia Federal, PT extingue cargo de tesoureiro

Conforme o Diário do Poder, o PT teve uma ideia no mínimo inovadora: para evitar as investigações da Polícia Federal, extinguiu o cargo de tesoureiro.

Ainda não está claro como as finanças do partido serão administradas. Uma das razões para extinção do cargo veio da dificuldade de encontrar quem aceite assumi-lo. Os três últimos tesoureiros do PT acabaram na cadeia: Delúbio Soares, Paulo Ferreira e João Vaccari Neto.

A matéria do Diário do Poder lembrou que, ao extinguir o cargo de Tesoureiro, o PT lembra a velha piada em que o sofá é culpado pela traição. No caso, o PT joga o sofá pela janela.

A decisão de extinguir o cargo, porém, só pode ser adotada em convenção nacional do PT que só deve ocorrer em 2017.

Anúncios

Deixe uma resposta