Oficial: PGR firmou acordo de delação da OAS. Lula treme. Tem até ministro do STF no meio.

Conforme diz o Antagonista, fontes ligadas ao Ministério Público disseram que o termo de confidencialidade foi assinado e os depoimentos dos executivos da empreiteira – especialmente Léo Pinheiro – já podem ser tomados.

Espera-se que o passaporte do ex-presidente Lula seja apreendido de imediato.

Pinheiro ainda teria delatado o ministro do STF apadrinhado de Lula, Dias Tofolli, tal como informa a revista Veja que vai às bancas amanhã.

Anúncios

Deixe uma resposta