Contra proposta de responsabilidade fiscal, Requião ameaça com guerra civil

O senador Roberto Requião, do PMDB, ainda aliado dos petistas, deixou claro que se a PEC 241 for aprovada, haverá guerra civil. A justificativa, apesar de não ter muita base na realidade, é a de que a tal PEC propõe não fazer nenhum tipo de melhoria na saúde e na educação por vinte anos.

No discurso, Requião faz críticas ao governo Temer e às propostas econômicas de Meirelles, Ministro da Fazenda. Entretanto, suas motivações são suspeitas. Acredita-se que ele queira apenas proteger Dilma Rousseff como já vem fazendo há um bom tempo, tendo inclusive dado entrevista para blogs petistas como Diário do Centro do Mundo.

Veja o discurso:

Anúncios

3 comentários sobre “Contra proposta de responsabilidade fiscal, Requião ameaça com guerra civil

  1. Até quando esse povo imbecil continuará sustentando esses vagabundos no poder?
    Basta de político profissional, que apenas cuida do seu próprio bolso. Pior ainda, quando se aproveita do voto, sendo um ditador latino-americano típico, populista e retrógrado.

    E o povo paranaense vai criar vergonha na cara em que século? Isso aqui parece uma capitania hereditária. São os eternos Requião, Dias e Richa. Sai pai, entra filho.
    O que ganha o governo estadual, cede sua vaga no senado. E por fora, uma Gleisi!!!

    Coitado do Estado do Paraná…

  2. Este requeijão ja tá azedo! Quando que os paranaenses vão tirar da prateleira política, um cara que é do PMDB e esta contra algo que limita os gastos do governo? Se ele pagasse a conta podia chiar, pois quem ta pagando a conta ate hoje e o povo! Se toca requeijão…ops…requião!

Deixe uma resposta