Serra diz que entrada da Venezuela no Mercosul foi golpe

O Ministro José Serra, das Relações Exteriores, classificou como golpe a entrada da Venezuela no Mercosul. Para o ministro, o golpe conduzido pelos governos do Brasil e da Argentina na época. O ministro lembrou que a cláusula democrática impede o país de Nicolás Maduro de assumir a presidência pro tempore do bloco. As declarações do chanceler foram feitas durante encontro com políticos venezuelanos da oposição venezuelana.

 “A Venezuela não cumpriu os pré-requisitos do Mercosul. O governo venezuelano entrou no Mercosul a partir de um golpe, porque para entrar é preciso que os outros membros concordem unanimemente e o Paraguai não concordava. Então, naquele momento os governos do Brasil e da Argentina lideraram um processo para suspender o Paraguai”, disse o ministro.

A Venezuela entrou no Mercosul após suspensão temporária do Paraguai, em 2012. O país foi suspenso após o impeachment do então presidente Fernando Lugo, classificado pelos governos bolivarianos como golpe parlamentar. O Paraguai era o único país do bloco a se opor ao regime bolivariano, o que por si só já tratava a admissão da Venezuela no bloco (a adesão deve ser unanimidade entre os membros).

O ministro Serra lembra que se a clausula democrática foi usada contra o Paraguai, não faz sentido permitir que a Venezuela permaneça, menos ainda que presida o bloco. “País que tem preso político não pode ser um país democrático”, criticou. O descumprimento da cláusula democrática pode levar a sanções e até a saída do bloco regional.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Serra diz que entrada da Venezuela no Mercosul foi golpe

  1. Acontece que, aqueles que apóiam a ditadura inaugura por chavez, e continuada sobre o podre do maduro, aplicam cláusulas apenas quando lhes convém!
    A venezuela não é paradigma para qualquer país!
    Essa oea deve ser extinta, ou que se excluam países bolivarianos!

  2. O mundo está dividido em dois grupos, POLÍTICOS E POVO, na qual sai sempre perdendo a maioria o POVO, a LEI deve ser igual a todos os PAÍSES e cumprida.

Deixe uma resposta