Cristovam diz que carta de Dilma foi tiro no pé

O blog de Matheus Leitão, da Rede Globo, diz que senadores ouvidos pelo jornalista avaliaram que a carta da presidente afastada Dilma Rousseff foi mais um erro. O texto traz chance alguma de mudar a opinião daqueles que estão a favor do impeachment.

Até Cristovam Buarque, antigo aliado do PT (e hoje no partido PPS) disse que a carta não funcionou: “Não é uma carta para ganhar voto. Tinha que ser personalizado aos 81 senadores: ‘Caro senador fulano’. Os termos são muito genéricos e ruins. Teve tantos meses para pensar isso e faz errado. Perdeu a chance. Faltou um marqueteiro como João Santana”.

Na mensagem, Dilma ainda tentou o truque de simular querer realizar um plebiscito para consultar o eleitorado sobre uma eventual antecipação das eleições presidenciais de 2018.

Anúncios

Um comentário sobre “Cristovam diz que carta de Dilma foi tiro no pé

  1. Esses Ratos que estão no poder,estão destruindo nossa Democracia.A carta da Dilma,foi Real,e mostra ao povo a situação política do Brasil atual.Queremos nossa Democracia de volta.E o Sr.seu Cristovam Buarque,é um traidor do povo.A História irá mostrar a face desses RATOS.

Deixe uma resposta