Transtornado, Lula surta durante encontro com mulheres militantes afirmando que o PT voltará ao poder em 2018

O ex-presidente Lula e participou do Encontro das Mulheres e Militantes nesta segunda-feira (15), em Santo André (ABC Paulista). Visivelmente transtornado, tentou usar a Lei Maria da Penha para conferir importância para o governo Dilma Rousseff, com quem ele está rompido e só defende publicamente. Para o petista, Dilma foi vítima de ódio e machismo por ser mulher. “Por isso, tenho orgulho de ter tido como sucessora a primeira mulher a presidir o Brasil. Dilma foi barbaramente torturada e chegou à presidência sem ódio”.

Não foi a única brava de Lula. Ele também afirmou que as reformas na Lei são uma tentativa do senador Aloysio Nunes “aprisionar sua mulher”. Sobre as Olímpiadas, ele disse que “Não haveriam jogos se não fosse por ele”, e que se sentiu esquecido nos jogos. Também se comparou a um pokémon e disse que sofre uma injusta perseguição política por parte do juiz Sérgio Moro. E foi aí que o ponto alto de seu discurso: ele disse que o PT voltará em 2018.

“Não é primeira vez que tentam me destruir. Me parece que o objetivo principal deles é criar qualquer impedimento legal para que eu não dispute mais uma eleição. Mas eles façam o que quiserem, porque em 2018 nós vamos voltar a governar esse país através do voto democrático”.

É quase unanimidade entre os analistas políticos que Lula não tem qualquer chance em 2018, até porque ele corre o risco de ser preso até o fim deste ano.

 

 

 

 

Anúncios

5 comentários sobre “Transtornado, Lula surta durante encontro com mulheres militantes afirmando que o PT voltará ao poder em 2018

Deixe uma resposta