Ex-líder de Lula e Dilma, Vacarezza fecha com Russomano

O ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, que chegou a ser líder dos governos Lula e Dilma, é mais um a debandar do partido e em momento crítico. Ele pediu saída do partido para entrar de cabeça na candidatura de Celso Russomano, do PRB, candidato a prefeitura de São Paulo.

O problema é que Russomano é um dos favoritos ao cargo e é concorrente do ex-colega de legenda de Vaccarezza, o petista Fernando Haddad. Além disso, a saída do partido é muito mais provável ser apenas parte de uma fuga. Vaccarezza sabe que não há condições de o PT sobreviver a tudo isso, e como justificativa ele alegou insatisfação com a administração de Dilma, uma clara tentativa de se desligar da imagem negativa do partido.

Vaccarezza diz que impeachment não é golpe e insiste que Dilma é responsável pelo afastamento do PMDB. Ele conta que tem conversado com presidente interino, Michel Temer, defendendo que o PT faça o mesmo. O ex-deputado também faz duras críticas a Dilma. Segundo ele, ela nunca foi “gerentona, ótima. Nem uma pessoa de grandes qualidades”. Ele só poupa o ex-presidente Lula: “Ele pode considerar que rompi com ele. Mas nunca rompi com Lula. Rompi com o PT”.

 

Anúncios

Deixe uma resposta