Serra lacra: quer Venezuela fora do Mercosul

O Estadão publicou uma cópia da Carta enviada pelo governo brasileiro ao Mercosul onde vemos que os contínuos atos de desprezo pela democracia, praticados pela ditadura de Nicolas Maduro, já deram o que tinham que dar.

Na carta, o Ministro José Serra lembra que a Venezuela descumpriu o protocolo de adesão. No documento, o chanceler faz questão de apontar que o país tomado por Maduro descumpriu unilateralmente regras e compromissos. Por isso, Serra pede aos países membros decisão à luz do direito internacional, que deve “prevalecer sobre considerações de ordem política”.

Na carta, o chanceler expõe que se não fosse o problema com as regras de adesão, a Venezuela ainda assim deveria seria vetada por motivos políticos, que “apontam no mesmo sentido” de descumprimento.

Na conclusão do documento, Serra se solidariza com o povo venezuelano, garantindo que o Brasil trabalhará pelo “restabelecimento da democracia” naquele país.

 

Anúncios

Deixe uma resposta