Sob Temer, Brasil se distancia de ditaduras bolivarianas e se aproxima de nações democráticas

O governo de Michel Temer, embora ainda interino, já fez alguns avanços nas políticas internacionais. Além de estar cortando laços com ditaduras atrasadas e países economicamente destruídos, como Cuba ou Venezuela, há também um forte trabalho no sentido de aparelhar a nação com outros países em alto progresso, como EUA, ou mesmo países que vivem hoje uma reviravolta política, como a Argentina governada por Maurício Macri.

A ideia é que o Brasil pare de manter relações desvantajosas baseadas apenas em interesses partidários. Lula e Dilma se aproximaram de Hugo Chávez e se mantiveram próximos de Maduro e Raul Castro, mas a relação trouxe somente prejuízos ao povo brasileiro.

Anúncios

13 comentários sobre “Sob Temer, Brasil se distancia de ditaduras bolivarianas e se aproxima de nações democráticas

  1. O Brasil está tendo uma melhora,
    Vamos nos concentrar em diminuir os gastos com os três poderes em vez de mexer com aposentados e funcionários públicos .

  2. Como não tivemos cabeça para eleger alguém decente, temos que nos contentar com este cenário, pelo menos até as próximas eleições; isto é, se os 54.000.000 de eleitores não voltem a cometer outro ato de pura insanidade. Pobre rico Brasil.

      1. Isso é papo, nunca vi um governo que fica falando que pensa sempre no povo e não no mercado, quem dá emprego e renda é o trabalho gerado pelo mercado, países comunistas usam a retórica que se cair nas mãos dos capitalistas irão ficar sem
        Direitos, chega de esmola, esses países comunistas só querem escravos e zumbis ignorantes!! Acorda!!!!PT nunca mais!!!!

  3. Nao tinha muita simpatia por TEMER, mas mostrou equilibrio e imparciaidade so compor seu ministerio e està querendo por a casa em ordem è gente e não gentalha pe de chinelo , arraia miuda como a petralhada.Sucesso que Deus guie seus passos.

  4. É triste termos o país nessa situação. O PT com suas ideias bolivarianas, copiladas de países e administradores atrasados, apegados ao poder e com ideias retrogadas, vai demorar para superar esse momento.

  5. Temer indiscutivelmente tem os pés no chão, é um homem centrado,e principalmente democrata.A parte econômica está em ex ele te mãos. Tem pouco tempo para colocar tudo nos eixos. 12 milhões de desempregados requer que assegure garantias as o indústrias e motive investimentos está strangeiros.Desfazer das estatais e ser apenas governo. SAÚDE EDUCAÇÃO É SEGURANÇA. REDUZIR A MAQUINA PÚBLICA E MUDAR A POLÍTICA.Diminuindo os custos e benesses . Há muito abuso e previ legios em todos os setores
    Diminuir o número de deputados e senadores.Aumentos de salário o igual para todos.do presidente trabalhador.

Deixe uma resposta