Tropa de Dilma vai tentar 11 chicanas para suspender sessão

Na última segunda-feira, 8, o líder do PT no Senado, Humberto Costa, afirmou que os poucos aliados da presidente afastada querem apresentar 11 “questões de ordem” para atrapalhar a sessão de hoje, terça-feira. Nesta sessão, que ocorre agora, os senadores votarão a pronúncia de Dilma Rousseff e o relatório de Anastasia, que já está aprovado pela comissão especial.

O “argumento” dos defensores de Dilma, no entanto, é fraquíssimo. Para eles não há legitimidade no afastamento de Dilma Rousseff devido às novas delações feita na Operação Lava-Jato, que implicam contra Michel Temer. Juridicamente falando, tal alegação não possui qualquer embasamento.

Mesmo assim, os senadores ainda ligados ao PT vão fazer o possível para atrasar, ainda que estejam cientes de que com isso só vão mesmo conseguir ainda mais antipatia. Por saberem que a derrota é inevitável, querem pelo menos incomodar.

Anúncios

Um comentário sobre “Tropa de Dilma vai tentar 11 chicanas para suspender sessão

Deixe uma resposta