Senadores lacram ao abrir mão de discursos. Sessão é agilizada. Plano petista fracassa. 

Conforme mostra o Jovem Pan, os senadores que se opõem ao projeto bolivariano estão aprendendo a sair das malandragens petistas para postergar o impeachment.

Na tarde desta terça (9), o presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), se apresentou como representante de seis senadores tucanos que abriram mão de usar a palavra para garantir que a votação do processo de impeachment seja mais ágil.

Aécio disse que as fraudes fiscais de Dilma revelaram a “mais perversa face” da presidente afastada para milhões de brasileiros por terem provocado a atual situação econômica do país, com aumento do desemprego e redução da renda mensal dos trabalhadores.

“O que estamos falando hoje é defender a Constituição e a própria democracia. Aqueles que cometem crimes têm que ser por eles responsabilizados”, destacou.

Anúncios

Um comentário sobre “Senadores lacram ao abrir mão de discursos. Sessão é agilizada. Plano petista fracassa. 

  1. Não roubaram só os cofres públicos roubaram nossas crenças pois acreditávamos na democracia levaram a educação a saúde os direitos e sonhos ainda ficam como uma matilha de lobos brigando pra ver quem fica com as vísceras deveriam ter ao menos a dignidade de entregar os cargos e dar uma chance ao Brasil e as futuras gerações já que esta já condenaram a miséria pois levaremos décadas para nos levantaremos

Deixe uma resposta