Randolfe Rodrigues coloca Rede à serviço do PT para atrapalhar o impeachment

Durante a sessão de pronúncia sobre o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, o senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) usou suas prerrogativas para apresentar questões que em tese, poderiam suspender o processo de impeachment de Dilma.

Segundo o senador, o processo deveria ser suspenso por conta da proposta de colaboração premiada de executivos da Odebrecht. Segundo a imprensa, os executivos teriam citado o presidente interino Michel Temer. Em 2014, o então vice-presidente da República pediu “apoio financeiro” para o PMDB à empreiteira.

 “Os fatos são gravíssimos, temos assistido tentativa de apressar e atropelar o processo de impeachment”, disse o senador. Para ele, isso impede que o impeachment aconteça pois há o perigo de se colocar um acusado de corrupção na presidência da República. Ocorre que isso não está previsto na Constituição. O que a lei deixa claro, é que caso as acusações contra Temer forem comprovadas, daí ele teria que ser afastado também por um processo de impeachment acolhido pelo Congresso.

O senador da REDE apresentou exatamente os mesmos motivos alegados por Lindbergh Farias. O motivo por trás da lealdade da REDE com o PT não se resume à lealdade do partido com a esquerda, mas também se deve às eleições de 2018. A intenção da REDE é atrapalhar o impeachment para que o Brasil esteja fragilizado nas próximas eleições presidenciais. Isso facilitaria o discurso de Marina Silva, que já é pré-candidata. Com o discurso “nem Dilma, nem Temer”, Marina poderia vender o seu discurso de maneira mais fácil.

Desde o começo a REDE tem utilizado várias manobras para atrapalhar o impeachment, sempre com a colaboração do Senador Randolfe Rodrigues (ex-PSOL).  A colaboração entre REDE e o PT já foi amplamente debatida na imprensa e na sociedade, e tem colocado o partido como aliado circunstancial do petismo. Em debate no Roda Viva, a própria Marina Silva admitiu que o partido está sendo visto como “melancia”, alusão ao fato da fruta ser verde por fora e vermelha por dentro.

Anúncios

3 comentários sobre “Randolfe Rodrigues coloca Rede à serviço do PT para atrapalhar o impeachment

  1. Quando que esses petistas vão cair na real que não há volta.O cada esta fechado e Dilma está fora,não importa o que façam no seu desespero pela perda poder e da mamata.

  2. Roandolf Rodrigues, assim como o Lindbergh Farias, Gleisi Hoffmann, Vanessa Graziotinn e a merreca da velha são todos uns bananas podres e só falam besteiras. Nenum vale nada!!! Vagabundos sem expressão e representam um desserviço a nação brasileira. O pessoal que os elegeu é tão burro quanto eles são; e tão idotas como eles se portam.

Deixe uma resposta