Nova mitada de Magno Malta: “dono do defunto poderá abrir o caixão quantas vezes quiser”

Senadores do PT e PCdoB, no intuito de ganhar tempo e atrapalhar a sessão, abarrotam a mesa de Lewandowski com “questões de ordem”, tudo para fazer com que os presentes fiquem desperdiçando tempo com banalidades ou mesmo com o nada absoluto.

O senador Magno Malta, em face disso, falou: “O dono do defunto poderá abrir o caixão quantas vezes quiser, mas em alguma hora terá que enterrar o defunto.”

Ele se refere a Dilma Rousseff, que já é politicamente um cadáver insepulto.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Nova mitada de Magno Malta: “dono do defunto poderá abrir o caixão quantas vezes quiser”

  1. É deste tipo de politico que o Brasil precisa,que seja coerente ,venha servir o povo de maneira digna,penso que seria justo também fazer uma PEC para reduzir o numero de políticos,nas três esferas,federal,estadual e municipal .

Deixe uma resposta