Lewandowski manda para a vala as questões de ordem: tática petista de atrasar impeachment fracassa

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que hoje preside a sessão no Senado para discutir e votar o relatório de Anastasia, é conhecido por quase sempre intervir em favor dos interesses petistas, sendo até acusado de estar em conluio com o partido.

Hoje, no entanto, a “bancada da chupeta”, que compõem PT, PCdoB e REDE, demonstraram sua infantilidade ao tentar atrapalhar a sessão com “questões de ordem” tão banais e desnecessárias que levantaram a clara suspeita de serem meros artifícios para atrapalhar – e atrasar – a sessão.

Lewandowski negou todos os pedidos.

Anúncios

3 comentários sobre “Lewandowski manda para a vala as questões de ordem: tática petista de atrasar impeachment fracassa

  1. O Brasil precisa ser passado a limpo,pra isso precisa afastar Dilma de uma vez e acabar com o partido do PT só assim o Brasil volta crescer com dignidade

  2. Eu vou cobrar o meu voto que esses golpistas bandidos anularam, o preço é a mote de um responsável pela organização do golpe militar, pode ter certeza vai morrer!!!!

  3. Não é somente afastar Dilma, mas também começar a cumprir a lei e fazer justiça. Começar prendendo Lula e família e todos demais envolvidos em falcatruas. Não esquecer de retornar o roubo aos cofres públicos. Queria uma uma única razão para esta demora.

Deixe uma resposta