Bens de ex-prefeito e de dois ex-secretário do PT em Osasco são bloqueados

Emídio de Souza, ex-prefeito de Osasco e atual presidente do PT em São Paulo, teve seus bens bloqueados pela Justiça. Outros que também estão na roda são  Estanislau Dobbeck e Renato Afonso Gonçalves, respectivamente ex-secretário de finanças do partido e o ex-secretário de assuntos jurídicos.

O pedido da Promotoria do Patrimônio Público foi aceito pelo Ministério Público, que reitera a denúncia e também a quebra de sigilo bancário.

Segundo o Ministério Público, em 2011, o governo municipal celebrou um convênio de cooperação técnico-financeira para pesquisa na área de finanças públicas no valor de mais de R$ 5 milhões com o Instituto Cidad. “O objetivo da contratação era, supostamente, a realização de pesquisas para aprimorar a arrecadação tributária da cidade”, disse o MP. Mais oito envolvidos também respondem à ação, além do município de Osasco.

Anúncios

Deixe uma resposta