PT vai lançar menos candidatos em São Paulo do que em 2012. Queda é de 55%

Enfrentando grandes dificuldades políticas, o Partido dos Trabalhadores lançará menos candidatos aos cargos de vereadores e políticos neste ano. Se comparado com 2012, o partido terá uma redução de 55% no número de candidatos. No Rio de Janeiro a situação ainda é pior, já que o partido só conseguir lançar 9 candidatos. Em 2012 foram 34.

O partido é alvo de rejeição por conta das investigações da Operação Lava Jato, do impeachment e das recentes denúncias contra o ex-presidente Lula e contra a presidente afastada Dilma Rousseff. Também pesa o fato de que o partido se voltou contra partidos que apoiaram o impeachment acusando todos de golpistas. Isso fez com que poucos partidos se coligassem com os petistas. Por outro lado, vários petistas tem buscado refúgio em outras legendas para driblar a rejeição popular.

Para driblar a rejeição e manter o mínimo de capital político, o partido tem topado até coligações com PSDB, DEM e PMDB. Ainda é possível que o partido enfrente um revés ainda maior até o fim do ano, que é a cassação do registro partidário. O processo eleitoral contra o partido está sendo analisado pelo ministro Gilmar Mendes. Caso haja elementos suficientes para a cassação do registro, o partido será extinto.

Anúncios

Deixe uma resposta