Impasse por Venezuela na presidência pode acabar com Mercosul

A ideia de que um ditador como Nicolas Maduro possa assumir a presidência do Mercosul incomodou outros países-membros do bloco, criando um atrito nunca antes registrado. O Ministro das Relações Exteriores, José Serra, junto de Maurício Macri, presidente argentino, e Horácio Cartes, presidente paraguaio, declararam descontentamento e lutaram ao máximo para impedir que a Venezuela assumisse o comando.

Apesar dos esforços, há um impasse. No momento as ações do bloco estão paralisadas. O lado positivo é que o Brasil nunca se beneficiou em praticamente nada com estas relações, e sempre houve interesse de muita gente em ver o país fora do bloco. No momento, o governo avalia a ideia de saltar fora do bloco, o que poderia beneficiar muito mais as relações comerciais com outros países que não querem se relacionar com o Mercosul justamente pela presença de uma ditadura no bloco.

Sair do Mercosul é o tipo de notícia que a maioria dos brasileiros considera positiva, e talvez seja mesmo. No momento a ideia é discutida a sério.

Anúncios

4 comentários sobre “Impasse por Venezuela na presidência pode acabar com Mercosul

  1. Sou a favor da saída do Brasil do bloco, a idéia é louvável mas com países tão porcos incluídos no bloco se torna desfavorável para nós.

  2. A idéia de que o Brasil seria o grande timoneiro do bloco ruiu quando o PT assumiu o PT e os governos se curvaram aos novos ditadores que apareceram a partir daí… e quem vai perder com tudo isto são os outros países… Vamos voltar a ter atuação como no passado

Deixe uma resposta