Sobrinho de Lula não consegue explicar recebimento de R$ 1,5 mi

Taiguara dos Santos é sobrinho do ex-presidente Lula, mas é também um fenômeno do mundo dos negócios. Seu ápice de habilidades financeiras foi quando passou de vidraceiro praticamente falido a sócio em uma empresa de engenharia de obras de grande porte na Angola.

Ao ter criado a empresa Exergia Brasil, Taiguara teria injetado pelo menos metade do capital social, o que daria aproximadamente R$ 750 mil reais, segundo seu próprio contador, José Emmanuel Camano. No entanto, a versão do contador nem bate com a que foi passada por Taiguara. O sobrinho de Lula disse à Polícia Federal que a empresa tem capital social de R$ 2,5 milhões, enquanto o contador falou em R$ 1,5 milhão.

Seja qual for o valor, até agora Taiguara dos Santos não conseguiu explicar a origem de tanto dinheiro. Ele simplesmente saiu do zero ao milhão em questão de dias, sem nenhum tipo de recebimento de prêmio ou herança.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Sobrinho de Lula não consegue explicar recebimento de R$ 1,5 mi

Deixe uma resposta