Sérgio Moro deixa claro: Caixa 2 é anti-ético, é trapaça e deve ser criminalizado

O juiz federal Sérgio Moro esteve ontem na Câmara dos Deputados em comissão para analisar o pacote de medidas anticorrupção, apresentado pelo Ministério Público. No pacote há a sugestão para se criminalizar o caixa 2, que já é considerado um crime eleitoral, mas não gera punição severa para o réu.

Moro foi enfático ao afirmar que apesar de ser considerado um “crime de menor relevância”, é crime e deve ser tratado como tal.

Confira:

Anúncios

Deixe uma resposta