Dilma implodiu o PT nas eleições após transferir culpa ao partido

Dilma Rousseff, para se proteger, passou a usar uma arma perigosa nas últimas semanas, após a delação de João Santana e Mônica Moura. Foram pelo menos duas ocasiões em que a presidente afastada, de forma clara, acabou admitindo que o partido age ilegalmente.

Quando o marqueteiro e sua esposa delataram o caso de caixa 2 para a campanha de Dilma Rousseff em 2010, no dia seguinte a petista declarou que isso era um “problema do PT”, mas disse que pessoalmente nunca autorizou nada disso. Ela deixou claro que é algo que o partido tem a resolver. Posteriormente, em entrevista, acabou reiterando a afirmação, alegando que o seu partido precisa mesmo mudar e aprender a não agir fora da lei.

Isso tudo, somado ao caos político e econômico gerado por Dilma, é um grande tiro no pé de todo o partido, sobretudo daqueles que serão candidatos nas eleições deste ano para as prefeituras do país. Os adversários do PT nesta campanha terão um prato cheio de opções para usar como ataques aos petistas, e será fácil. A desaprovação de prefeitos do PT tem crescido, como é o caso de Fernando Haddad, em São Paulo, que já não tem nenhuma esperança de passar do primeiro turno.

“Se a própria presidente da República sustenta que o PT, seu partido, precisa reconhecer todos os erros que cometeu, evidentemente ela está transferindo esses erros de sua pessoa para a legenda partidária, como se não tivesse responsabilidade alguma no consentimento a tais erros”, diz o jornalista Pedro do Couto, em análise para a Tribuna da Internet.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Dilma implodiu o PT nas eleições após transferir culpa ao partido

  1. Eu não acredito que ela não sabia das corrupções, quem é presidente do Conselho administrativo de uma Empresa como Petrobrás é inconcebível falar que é como marido traído.
    Por onde andava a auditoria interna da Petrobrás.
    O que fizeram na PETROBRÁS foi uma roubalheira vergonhosa considerado a maior robalheira de uma Empresa estatal do mundo.
    Seu LULA E DILMA E MAIS OS SEUS CUMPRICE, NUM PAÍS COM JUSTIÇA SERIA ESTARIA HOJE NA CADEIA E SEM TORNOZELEIRA ELETRÔNICA EM ALGUNS MAIS RADICAIS SERIAM FUZILADOS.

Deixe uma resposta