Raimundo Lira encerra Comissão e deixa Gleisi Hoffmann falando sozinha

A última sessão da Comissão Especial do Impeachment no Senado terminou com a aprovação do relatório do senador Antonio Anastasia, que foi aprovado por 14 votos a 5. A única abstenção foi do Senador Raimundo Lira, que na qualidade de presidente só vota em caso de desempate.

A sessão mais uma vez foi marcada por gritarias, discussões e enfrentamento entre os senadores. A defesa da presidente Dilma Rousseff na Comissão fez barulho até o final. Fátima Bezerra, Lindbergh Farias e Vanessa Grazziotin queriam que o presidente mantivesse nas notas taquigráficas as acusações de que o relatório de Anastasia seria uma fraude, mas o presidente recusou. Foi apoiado por José Medeiros, que afirmou que acusar um senador de produzir um relatório fraudulento é calúnia.

No apagar das luzes da Comissão, a senadora Vanessa pediu uma última questão de ordem tentando mais uma vez manter nas notas as expressões grosseiras proferidas por ela e seus colegas na defesa da presidente afastada. Como o senador Raimundo Lira não atendeu aos pedidos e encerrou os trabalhos, a senadora Gleisi Hoffmann se enfureceu ao microfone em um gesto final para tumultuar os trabalhos. Raimundo Lira preferiu deixar a colega gritando, enquanto ordenou aos funcionários que começassem a apagar as luzes para fechar a sala. A senadora ficou gritando sozinha no microfone desligado.

A transmissão d TV Senado foi interrompida antes da senadora deixar o local.

Anúncios

33 comentários sobre “Raimundo Lira encerra Comissão e deixa Gleisi Hoffmann falando sozinha

    1. Essa mulher é uma louca varrida, corrupta e sem educação. Ela e os companheirinhos, Vanessa e Lindinho, são uma vergonha para o Senado da República!

    2. Coitado dos brasileiros que tem de ouvir tanta besteira!!!
      Coitado de quem pegou empréstimo consignado e foi roubado pelo marido dela!!!

  1. Ninguém mais aguenta essa palhaça… No começo ela estava até engraçada, beirando a ridícula, depois ficou enfadonha, por fim um papagaio muito chato.

  2. Estes senadores do PT e PC do B deveriam trabalhar em circo, pois só sabem fazer barulho e palhaçadas, além de piadas que nos fazer rir.
    O senado federal é lugar de gente séria e não de palhaços, espero que não sejam reeleitos para nos livrar-mos desta vergonha.

  3. A CADEIA é o lugar onde todos vocês, LADRÕES do patrimônio público, irão parar depois de devidamente investigados. A exemplo do que já ocorreu com o marido dessa senadorazinha que deveria se preocupar muito mais e urgentemente com o seu futuro próximo.

  4. Que respeito ela merece? Já diz o velho ditado, respeite pata ser respeitado, ou direito tem quem direito anda, essa senhora precisa aprender o que é respeito..

  5. Não foi falta de respeito. Quem assistiu tem que parabenizar todos da Comissão. Como ela fala muito e sempre a mesma coisa às vezes fica difícil de prestar atenção , só isso. Agora não podemos , na última sessão desta comissão tirar o mérito do Sr Lira

    1. Realmente uma gang q veio para nada!!!!! Polītico DE UM MANDATO SÓ,COM CERTEZA,NINGUÉM ATURA MAIS ESSE QUARTETO DO MAL E DAS ENCRENCAS,SÃO TODOS UNS NADA VEZES NADA!!!ZERO ÀS ESQUERDA!!!

  6. Isso mesmo os três patetas são insuportáveis .Seria bom demais se o impeachment da desgovernada pudesse levar juntos os três petralhas do senado kkkk

  7. Só pode ser do PT. Quem não se lembra foram eles que se negaram a assinar a constituição de 88 . Ainda falam em democracia. Nós brasileiros temos memória. Um adeus para essa corja.

  8. Esses socialistas e comunistas da Esquerda, não enganam mais com suas mentiras e hipocrisia sem pudor. Seguem a risca o Decálogo de Lenin, só os incautos para acreditarem nesses demônios. Que amargurem a derrota que eles mesmos causaram! Só que dentro da cadeia, com a destruição de seus partidos e os nomes encardidos por suas más ações, para que todos lembrem, na História, que optaram em ser a Escória do Brasil!

  9. Se estes parlamentares estão tão certos do “golpe”, abram mão de seus cargos políticos em solidariedade , a injustiçada Dilma.

  10. O senador Raimundo Lyra fez muito bem ao encerrar a sessão deixando a histérica berrando sozinha no escuro kkkkkk. Ela não tem prestígio algum, ladra safada, cumplice do marido ladrão. Uma vergonha para o senado. Fizeram o maior papelão diante do Brasil.

Deixe uma resposta