Suposto petista que conduzia tocha dá baixaria e expõe nádegas. Ele usava biquini de oncinha. 

A propaganda petista tem inovado em termos de baixar o nível. Embora não há certeza sobre se o novo propagandista bolivariano do dia é petista, ao menos sua narrativa tinha tudo a ver com as pregações repetitivas do partido.

Ocorre que um condutor da Tocha Olímpica fez um protesto a favor de Dilma e contra o presidente em exercício, Michel Temer. Em seu processo, Tarcisio Carlos Rodrigues Gomes,  de 31 anos, abaixou a bermuda e exibiu as palavras “Fora Temer” nas nádegas expostas por um biquíni cavado, de oncinha.

O sujeito foi imobilizado por um soldado da Força Nacional, que o dominou. A tocha foi retirada das mãos de Tarcisio. Ao Estado de São Paulo, ele disse que a “calça caiu”.  Tarcisio era acompanhado por meia dúzia de pessoas que gritavam as palavras de ordem típicas do petismo.

Como lembra o Estadão, o Rio 2016 informou ainda que o condutor da tocha assina um termo de compromisso e não pode fazer nenhum tipo de manifestação política. O regulamento não prevê nenhum tipo de sanção, mas o condutor assume um compromisso. O comitê reiterou que o revezamento é apartidário e apolítico, não cabendo manifestações nesse momento.

Ainda não sabemos se Tarcísio recebeu verba estatal para fazer sua propaganda ou se é apenas um militante funcional.

Anúncios

Deixe uma resposta