Piadas de advogado de Lula mostram que a defesa já dá o caso por perdido

Linha de frente na defesa de Lula, o renomado advogado José Roberto Batochio anda fazendo trocadilhos com o nome de Antonio Anastasia. “Como previsto, o voto do relator do processo de impeachment no Senado foi doloroso, apesar de ser do anestesia”, disse Batochio. Por trás de uma aparente postura relaxada está a constatação de que o caso já está praticamente perdido. Segundo o jurista Luiz Flávio Gomes, as chances de Lula ser condenado são de 99%. Além dos casos de corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, pesa ainda contra o ex-presidente a acusação de obstrução da justiça ao tentar um complô para dar fuga a Nestor Cerveró.

Essa situação faz com que os envolvidos na defesa prestem um serviço simbólico, uma vez que o caso já está perdido. A tendência é que o presidente siga se ocupando em gestos simbólicos de fundo meramente político, como foi a reclamação contra o juiz Sérgio Moro na Comissão de Direitos Humanos da ONU. Essas ações são apenas um jogo de cena para a militância, e não tem qualquer valor legal.

Essa é a mesma situação da defesa da presidente afastada Dilma Rousseff no Senado, chefiada pelo advogado e ex-ministro José Eduardo Cardozo. Recentemente Cardozo protagonizou um episódio cômico ao citar o suposto jurista “Tomás Turbando Bustamante” como apoiador da tese de inocência de Dilma. Mais tarde Cardozo afirmou que aquilo foi uma brincadeira de sua equipe. Isso mostra que já não há mais comprometimento com resultados positivos, visto que a equipe se permite a brincadeiras em horário de expediente. Isso sem falar no assessor de Cardozo que cochilou em plena sessão da Comissão do Impeachment. A tendência é que até o final do ano, tanto Lula quanto Dilma já tenham seus destinos selados pela Justiça.

Anúncios

Um comentário sobre “Piadas de advogado de Lula mostram que a defesa já dá o caso por perdido

Deixe uma resposta