Após tentar atrasar o processo, Lewandowski sai desmoralizado. Impeachment segue no prazo correto

Em demonstração clara de que o poder legislativo não está mais confortável em receber intromissões do judiciário, o Senado Federal bateu o martelo e, a despeito do interesse obscuro de Lewandowski em atrasar a votação final do impeachment, ela acontecerá ainda no fim de agosto, contra a vontade do ministro.

O presidente do STF, que na realidade não tem poder decisório sobre o processo, quis atrasar a votação fazendo-a começar em 29 de agosto, para que terminasse em 2 de setembro. Renan Calheiros, com o apoio do Senado, foi contrário e definiu que a votação terá início no dia 25 de agosto e terminará em 29.

Visivelmente irritado, o senador Romero Jucá criticou o adiamento do impeachment, assinalando que a data não foi combinada com os senadores e que a decisão não cabe ao Supremo, mas ao próprio Senado.

“Não vou aceitar isso, vou fazer confusão! Lewandowski combinou isso com quem? Ele não é senador, isso é um colegiado. A decisão não é dele, é dos senadores. Temos uma reunião com ele quarta-feira e espero que os líderes tenham coragem de dizer isso a ele, como estou dizendo. Este é o primeiro golpe parcelado da história, é o golpe Casas Bahia, a cada mês uma parcela de golpe”, ironizou o parlamentar.

“Dia 26 já podemos começar a discutir, para terminar de votar dia 31. Assim, no dia 31 acabam duas maldições: a maldição de agosto e a maldição Dilma Rousseff. Vai ser o melhor fim de agosto da História”, acentuou.

Anúncios

4 comentários sobre “Após tentar atrasar o processo, Lewandowski sai desmoralizado. Impeachment segue no prazo correto

  1. Putz preconceito com o mês de agosto, um mês tão belo, mês de nascimento de grandes acadêmicos, até deste que vos fala, renomado acadêmico do alto da Mooca, kkkkkkk!!!!!

  2. Bom dia a todos, porque esses Juizez que se dizem a favor da democracia, não respeitam o povo e punam os politicos que são investigados, como o Renan, Juca e o sarney, já abafaram o caso, o juca vive dando ordem em todos os Juizes, vcs não estão vendo isso,, Se o temer quer ser predidente porque ele nao espera as próximas eleições e ver se o povo aprova ele ou não e deixa a Dilma em paz, não sou pro nem contra mais a favor da democlacia

  3. Quem manda no senado e Lewandowski ou senadores nos elegemos foi os senadores e não Lewandowsk então não deixa que Lewandowski desside quando vota ou não o impeachment quem tem que desside o dia da votação

Deixe uma resposta