Haddad perde a fé em sua própria reeleição

No mês passado, uma pesquisa apresentada pelo Instituto Datafolha mostrou o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), na quarta colocação entre os candidatos, perdendo até mesmo para a inexpressiva Luiza Erundina, do PSOL.

Além disso, no mês de maio o petista virou réu em uma ação civil, acusado junto com dois secretários de seu governo de uso indevido de dinheiro arrecadado em multas, o que inclusive pode se tornar um processo por improbidade e torná-lo inelegível.

Somando tudo isso com a enorme carga negativa de seu partido, as chances de sua reeleição são nulas, e ele sabe. De acordo com o Estadão, “Fernando Haddad confidenciou a interlocutores que acha difícil passar para o segundo turno na disputa municipal em SP. Ele tem dito que o mais provável é que a corrida seja entre Marta Suplicy (PMDB) e João Doria (PSDB).”

Anúncios

Um comentário sobre “Haddad perde a fé em sua própria reeleição

Deixe uma resposta