Fernando Morais devolve prêmio a Cristovam e sofre dura humilhação de volta

O escritor Fernando Morais, autor de um livro premiado chamado “Chatô, o rei do Brasil”, pelo qual recebeu honrarias, quis se aproveitar do fato de Cristovam Buarque ter apoiado o impeachment de Dilma Rousseff e se deu mal.

Morais disse que iria devolver o Prêmio Manuel Bonfim, que lhe foi dado em virtude de seu livro supracitado. “Já pedi à Marília para localizar a placa de prata. Vou devolver. de golpista não quero nada. Nem prêmio”, disse o escritor. Na época em que recebeu o prêmio, Cristovam Buarque era governador no Distrito Federal. A resposta que Buarque deu a ele, no entanto, foi arrasadora.

“Fernando Morais mostra como para o PT não há diferença entre partido, governo e estado. Não fui eu que dei o prêmio, foi o Governo do DF, selecionado pelo mérito de seu maravilhoso livro. Mas ele acha que foi uma bolsa-escritor. Porque, para ele, não há diferença entre partido-governante-governo-estado.

Que pena que nossos gênios estejam tão obtusos. E tão viciados no aparelhamento. O PT corrompeu mais do que a política, corrompeu a inteligência e o caráter. E aos poucos vão mostrando que a volta da Dilma por mais dois anos, com essa gente, vai embrutecer o País e seguir se apropriando do Estado. Pior que não tem juiz Moro para este tipo de roubo: da inteligência e do caráter. Ele não falou em devolver os dez mil que recebeu do prêmio. Na época eram dez mil dólares. Nem o que ele fazia no governo do Quercia.”

Destaques nossos.

 

Anúncios

58 comentários sobre “Fernando Morais devolve prêmio a Cristovam e sofre dura humilhação de volta

  1. Cristovam não é traíra; Cristovam é uma truta. Ou: Cristovam Buarque & as águas turbulentas. Vejamos:

    Cristovam Buarque não está equivocado de maneira alguma. Buarque é cuidadoso, não se move por impulso publicitário que age no sistema nervoso de imediato e nem em clichês e frases-prontas PETISTAS (estereótipos verbais, imagéticos e linguísticos, e dispositivos mediáticos à maneira de João Santana). Homem vivido e esperto, intelectual, cuidadoso e sóbrio, enfim corajoso — sem medo de ser enxovalhado pela vigilância retrógrada dentro das universidades atuais (no entanto, com a mente nos equívocos do século XX — ou seja: teorias e reflexões já carcomidas), sem medo de seus pares e de textos de blogs “moderninhos” e super lidos — como tem acontecido em textos que o chamam de “traíra” diariamente, nos últimos meses. Cristovam não é traíra; Cristovam é truta. Ele é aquele que está de prontidão na Universidade, de mente arejada, mas é como um peixe — exatamente a «truta-das-fontes». Vejamos: sabe nadar contra a maré ideológica e modismos, clichês, estereótipos superados — se assim for preciso e na hora apropriada, naquele momento sábio e mais difícil — eis ali Cristovam exatamente como a truta, que nada contra a correnteza. De acordo com estudo publicado na “Revista Science”, esse peixe aproveita-se de redemoinhos que giram ao redor de objetos imóveis na água. Faz isso para não se esforçar muito e dessa forma poupar energia a fim de nadar contra a correnteza. As trutas poupam TANTA energia que não precisam usar os principais músculos natatórios. “É uma maneira de se locomover em águas turbulentas sem gastar muita energia”, explica um dos autores do estudo, George Lauder, biomecânico da Universidade Harvard. ¿E vocês sabem o porquê desse peixe nadar contra a correnteza? Além de economizar importantes fontes de energia? Pesquisem!
    O senador não se faz de vítima como Dilma & Letícia Sabatella. A Buarque (o Cristovam é claro) só nos resta uma homenagem pragmática: e uma homenagem erudita (sim, artística!): tocar a ele a Música-de-Câmara, instrumental, abstrata, robusta, inabalável, que muito exige do ouvido, não-superficial, vigorosa: o quinteto de Schubert “A Truta” [D 667/Opus 114 — “Die Forelle”. Compositor: Franz Schubert], intensamente viva e alegre, que expressa a felicidade palpável, manifesta e solar. Um dia de verão luminoso e agradável, renovável. Ou seja: expressão da individuação — certamente. E não do pensamento antiquado.

    1. Excelente texto,além de Erudito totalmente lúcido. Opinião abalizada sobre o Senador em questão, que com sua experiência de vida e calma nos seus questionamentos, não atropela os incautos e prepotentes “inteligências” obitusas produtos de lavagens político cerebrais.

    2. Que “inveja” do senhor João Luís Pereira Tavares. Deixe-me explicar. Nunca em meu pequeno conhecimento ouvi e vi com tanto primor alguém lançar mão de uma comparação tão precisa, merecedora e justa a uma criatura do SENHOR. Tenha aqui minha profunda admiração pelo escrito a referência a uma pessoa que sem sombra de dúvida luta por melhores dias a nossa educação
      Pobreza de espírito deste criatura que recebeu os premios, mas, não devolveu o dinheiro. Característica de um membro da seita petista. Lamentável, A Truta de Schubert nao adentra nos ouvidos dos mocos. Mais aqui estou para axaltar o seu texto dedicado ao educador Cristovam Buarque. Parabén e que todos os Deuses lhe proteja.

  2. Toma petralhada… golpista é quem fica com o dinheiro de um prêmio que execra isso pra ser branda e não chamar de ladrão com princípios ideológicos comunistas. Ah vá pro inferno seu m…dinha…

  3. …vincular termos como “inteligência”, “genial”, ao Fernando Morais é uma aberração. Paulo Coelho ganha muito á frente deste camarada. O cara é tão obtuso que é petista. Claro, oportunismo é o adjetivo que o encaixa por completo. Esse jornalista mero, soube juntar isso com aquilo e monta suas produções que mostram de que não é escritor que possa sê-lo na íntegra, mas escudado por fatos ocorridos que ele sempre dá jeito de “adaptar”, como fez com a história da Olga e do marido e as demais. Desperdício de palavras escrever sobre este babaka…

  4. O nosso Digníssimo, Juiz Dr. Sérgio Moro, que não parece ser brasileiro, incrível, graças a Deus, sinceramente, fico “apalermada”, é o termo certo. Que honra te-lo como o Magistrado mais que honrado, que faz jus a sua TOGA, respeita-a e muito, um HOMEM que respeita a Deus, acima de tudo, pela primeira vez, Excelência, sinto-me honrada por seres meu compatriota. Amém, Jesus!!!!

  5. Como cidadão brasileiro detentor de pequenina verba que fez parte em tributo do montante público que o deu US$ 10,000.00 exijo que ele devolva o dinheiro também e desfaça as asneiras que fez quando no governo, como foi dito pelo ex governador. Se é uma coisa que não preciso é que meu dinheiro suado seja gasto com socialistas e mal agradecidos. Li o livro e considero de baixo nível intelectual. É “entretenimento b”. Personagens mal construidos, universo de interação pobre. Se lhe consideram gênio, tudo bem, mas devolva junto com a “placa” o dinheiro.

    1. Tem que devolver, mesmo! nenhuma pessoa decente aceita prêmio de governo golpista e vagabundo! Ele não sabia na época que Cristóvão era um pilantra e cúmplice de organização criminosa! Agora que sabe, tem que devolver o premio e o dinheiro sujo do governo cristóvao pilantra!

    2. Cristovan Buarque foi sábio, ao mesmo tempo que o elogiou carregando nas tintas, teve daí como defenestrar esse escritorzinho de quinta. Esse mesmo que adiou ao máximo o lançamento da história de Lula esperando algo que prestasse para poder ‘vender’ uma história que se mostrou impagável.

  6. Vamos esclarecer a situação. O sr. Fernando Morais é filho de banqueiro, portanto, não faz desaforo a dinheiro e pode falar livremente, pois não perderá sua gorda herança. Que viveu em berço privilegiado tem lingua solta. Nada teme.

  7. Valeu Cristóvão, valerá mais aínda, seu voto para saída definitiva da Dilma, que fez trapaças nas eleições…e também, com as pedaladas…esse escritor, um escroto…

    1. Espero, ilustre senador, que o senhor repita o voto: fora Dilma! Até entendo que o analfabeto político e oportunista Romario troque o voto. O senhor, não! !!!

  8. O Cristóvão Buarque foi perfeito na resposta. É uma pena que os nossos artistas estejam entorpecidos pelo falso poder lhes conferido pelo PT. Cristóvão é meu candidato à Presidencia da República logo, sou suspeito em falar mais.

  9. Histórias no estilo de reportagens, sempre tendencioso nas interpretações dos fatos tornam Fernando Morais mais um m….dinha da cultura nacional.

    1. Cristovam continua um grande homem, sempre incorrompível…um grande BRASILEIRO… falou e disse muito bem… para Fernando Morais, com certeza, não terá a sua frente um Meritíssimo Juiz Sérgio Moro para extirpar a corrução de seu caráter e de sua inteligência, apesar de obtusa… que pena… Meus aplausos para Cristóvem Buarque… e meu abraço forte…

    2. Este Fernando Morais foi o relator da comissão parlamentar de inquérito do MOGIGATE , escândalo de extorsão que culminou com a cassação criminosa das linhas da EMPREZA AUTO ONIBUS MOGI DAS CRUZES S/A, que se recusou a pagar a propina exigida,pelo deputado Jacob Lopes, mancomunado com o secretário Almino Affonso.Votou a favor da EXTORSÃO condenando a empresa.
      Envergonhado confidenciou a um amigo comum nosso que sabia que estava errado porém por sua posição politica não poderia agir de outra forma.

  10. Parabéns Senador Cristovam, sua resposta à Fernando Morais foi lapidar; é a intelectualidade e a inteligência contra a pobreza e a obtusidade de mentes desalinhadas, que, neuroticamente, necessitam se alimentar das asneiras praticadas pelo PT, para a proteção psíquica de suas crenças inverossímeis!

  11. Cristóvão sabe das coisas e tem conteúdo, o Fernando age impulsivamente, e seu conhecimento é muito superficial, o que denota ser impossível sequer uma comparação

  12. Como o PT faz mal até para escritores que costumamos admirar… Arrepender-se , meu amigo, não desonra ninguém Faça de conta que se enganou e peça desculpas ao Cristóvam Buarque.
    Vai ficar bem pra você e você não ficará mal com seus leitores!
    Mas, aproveite e use o dinehiro que ganhou como prêmio para fazer caridade… Faz bem à alma!

  13. O ruim do Brasil é que quando o cabra fala bonito já acham que é um “cabra” inteligente e quando tb escreve bonito se acha o próprio intelectual e sai falando e escrevendo até acabar os argumentos que prestam e depois vive de memórias e de proferir abobrinhas !

  14. Se arrependimento matase, prof cristovão boarquer estava morto, no dia, que esteve junto com estes Bandidos dos ptralhas, ainda bem que foi de passagem.

  15. De que se ocupava -realmente – o Sr. Fernando de Morais quando Secretário da Educação, no governo Quercia ? Sempre com aquele ar “blazé” de majestade ofendida… huuummm…

  16. O voto pelo impeachment do Senador Cristovam Buarque, tem um significado imponderável de valor… E, permite elevar-se à enésima potência ao fato de ter tido a infeliz passagem pelo PT. Saúde e longevidade, Senador!

    1. Senador Cristovam, eu, como Servidor do Governo do Distrito Federal, hoje aposentado mas ainda trabalhando, tive o privilégio em trabalhar com o senhor e me sinto ainda mais orgulhoso em saber que é o único ex-governador que não responde a processo em sua administração. Continua honrando seus votos no Senado Federal. O que dizer deste que é e sempre será meu representante?

  17. Eu estou bem chateado em ter que ficar contra pessoas que sempre admirei, sempre li Fernando Morais, sempre cantei Caetano e Chico, tinha uma simpatia por Wagner Moura e outros. Eles não deixaram de serem que sempre foram, mas este manto petista fez deles pessoas rançosas, antipáticas e arrogantes, lado que eu não conhecia. Não canto mais, não leio mais e não assisto mais e isso me faz falta, pois a maioria deles, foras os folclóricos, são geniais. Espero que um dia se curem com algumas doses de “verdade” e algumas gotas de lucidez.

    1. Wilson Alves! Faço minhas as suas palavras, pois comungo dos mesmos sentimentos com relação a esses caras. Perdi o encanto de ouvir as músicas do Chico, ou de ver peças ou filmes com Wagner Moura, ou ler os livros do Fernando Morais, depois que os vi encajados na defesa desses petistas corruptos, pois acho que também beneficiários dessa corrupção, ou são obtusos e cretinos mesmo…!!!

    2. Todos são obrigadosa pensar como tu pensas? Tu és o dono da verdade? Todos os teus familiares e teus parentes também vão deixar de cantar, de ler e assistir? Quem não pensa como tu pensas são errados? Ora, Sr. Wilson Alves, infelizmente ainda se encontra nesse pobre país mentalidades como a tua !!

  18. Pobre Jornalista metido a escritor, ou até pode ser, mas está contaminado por um vírus que a cometeu muitas gerações neste Pais, inclusive o Senador Cristovam. Vírus chamado PT.

  19. Tenho uma enorme admiração pelo senador Cristovão e o acho mais capaz para ser o próximo presidente do BRASIL. A educação e a dignidade, mais a transparência e brasilidade agradecem…

    Elaine

  20. Amei o Cristovam Buarque aqui nesse comentario. Detonou o Fernando Moraes. Cade os 10 mil dolares, Fernandinho? Acionem a DESCARGA, o Fernando Moraes sumiu

Deixe uma resposta