Cabide de petistas no Itamaraty é extinto por Serra

José Serra, Ministro das Relações Exteriores, tomou uma decisão que já estava engatilhada há bastante tempo: extinguir a Coordenação-Geral de Ações Internacionais de Combate à Fome. O setor, que era parte do ministério, teria sido criado sem qualquer necessidade ou finalidade prática além de servir como cabide para comissionados petistas.

O órgão era chefiado por Milton Rondó, ligado ao PT, que utilizou o cargo durante o processo de impeachment de Dilma Rousseff para disseminar mentiras sobre o Brasil aqui e no exterior, segundo aponta o site Diário do Poder.

A coordenação existe desde 2003, foi criada pelo ex-presidente Lula. Comenta-se que o cargo sempre serviu apenas para uma finalidade: fazer política para o PT. No entanto, nunca teve atuação relevante naquilo que seu nome propõe, que é o combate à fome.

Rondó é ligado a Gilberto Carvalho, ex-ministro de Lula e Dilma citado em diversos escândalos, incluindo o misterioso caso de Celso Daniel. Uma comissão foi instalada há um mês no Itamaraty com a finalidade de apurar danos aos cofres públicos.

Anúncios

9 comentários sobre “Cabide de petistas no Itamaraty é extinto por Serra

  1. Não seria o caso de investigar o que foi feito de concreto por esse cidadão é demais funcionários dessa coordenação, afinal é com dinheiro do povo q foi pago e q não deve ter sido pouco, no mínimo uma explicação do Lula?

  2. O Brasil nunca foi tão envergonhado e dilapidado como fez o pt , do lula e aceclas. parabéns Excel. Serra pela ousadia de desmantelar o bando em seu ministério, agora pergunto, e nos outros ministérios, será quando?????

Deixe uma resposta para Mauricio Cancelar resposta