Deputado do PSOL quer aprovar projeto de sovietes para destruir a democracia

Mostrando, como de costume, que trabalha em prol dos interesses do PT, o deputado federal Chico Alencar, do PSOL, desenvolveu uma espécie de ‘releitura’ do infame Decreto 8.243, de 2014, que o Governo Federal – Dilma – havia feito com a única e exclusiva intenção de burlar as regras do jogo.

O decreto em questão era uma volta no tempo, ele nos levaria de novo para a União Soviética, criando o que se chamou “sovietes”, que eram movimentos “sociais” diretamente ligados aos revolucionários bolcheviques e aparelhados aos interesses do partido decidindo, por toda a sociedade, sobre os rumos da política e da economia. Depois que o projeto de burlar o poder legislativo fracassou, o PSOL entendeu que deveria tentar de novo, e foi então que Alencar desenvolveu a PL 8048, ainda em 2014, cuja finalidade é exatamente a mesma.

A PL tem, assim como o decreto de Dilma, a finalidade óbvia de instituir uma “democracia de compadres”, na qual o Governo Federal poderia tomar decisões importantes com base na opinião de lideranças sindicais ou de movimentos como MST, UNE, UBES, e assim por diante. Estes movimentos, como todos sabem, são aparelhados aos interesses de partidos como PT, PCdoB e PSOL, muitos são até liderados por integrantes destes partidos. A ideia, com isso, é criar uma falsa democracia, um governo em que grupos políticos que são todos aliados comandam a sociedade e passam por cima da representatividade exercida pelo poder legislativo.

A notícia boa é que por ser um projeto de autoria do PSOL, as chances de que ele passe são absolutamente inócuas. No entanto, a mera tentativa já demonstra o caráter anti-democrático de seus defensores.

 

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta