Campanha de Dilma pode ter desviado até R$ 100 mi para empresas de fachada

Segundo técnicos da Justiça Eleitoral, responsável pela análise das contas de campanha de Dilma Rousseff, a quantidade de irregularidades parece infinita. De alguma forma, o partido conseguiu ocultar isso na época das primeiras apurações, que são feitas de maneira superficial, mas análises mais profundas mostram desvios milionários para diversas empresas que, suspeita-se, sejam fachada para lavagem de dinheiro.

O valor estimado é próximo de R$ 100 milhões, talvez mais. Segundo os investigadores, apenas com três empresas apuradas a soma já chega a quase R$ 53 milhões. Uma delas é a DCO Informática, que foi contratada pelo PT para fazer spam eleitoral, o que é considerado ilegal durante campanhas.

A DCO, por sua vez, recebeu repasse milionário. Os empresários alegam terem terceirizado o serviço com a 2K Comunicações, uma empresa que pertence a um ex-assessor de Edinho Silva, tesoureiro da campanha de Dilma.

Aparentemente, quanto mais mexem, mais sujeira aparece.

Anúncios

Um comentário sobre “Campanha de Dilma pode ter desviado até R$ 100 mi para empresas de fachada

Deixe uma resposta