Recurso de Lula à ONU ofende Poder Judiciário e o povo brasileiro

O recurso que a defesa de Lula enviou à Comissão de Direitos Humanos da ONU é um afronte muito claro às instituições brasileiras, além de ser uma atitude desesperada e completamente descabida. Acima de tudo, o recurso ofende gravemente o poder judiciário brasileiro e o próprio povo, que está há bastante tempo ciente de que o impeachment de Dilma, bem como as investigações contra o ex-presidente, seguem as normas constitucionais à risca.

Ao contrário do que Lula sugere no documento, ele não é um perseguido político. Muito pelo contrário, é justamente a nossa burocracia jurídica que permite, apesar de todas as evidências, que o ex-presidente permaneça livre para dar seus discursos e enrolar o processo. Se as leis não estivessem sendo seguidas a rigor, se realmente houvesse algum tipo de juristocracia, se de fato Sérgio Moro o estivesse perseguindo, então Lula já estaria preso sem sequer ser julgado. Aliás, é exatamente isso que a maioria da população quer.

Quando se anda pelas redes sociais, é fácil encontrar comentários de pessoas reclamando da demora da Justiça em colocar Lula atrás das grades. A população, ao contrário do Lula sugere em seu recurso, quer vê-lo preso há muito tempo, é justamente a burocracia do sistema judiciário e o rigor que pessoas como Sérgio Moro têm em seguir as leis que garante seu direito de defesa, sua ampla liberdade de expressão e até mesmo o seu direito de enviar um recurso a ONU ofendendo gravemente as instituições brasileiras.

Lula nem de longe é um perseguido político. Se o fosse já estaria preso, já estaria exilado, longe da vida pública. Em seu recurso, ao dizer que Moro o persegue, ele está insultando a todos os brasileiros que acompanham os fatos e sabem, com exatidão, o quão culpado Lula é pelos crimes dos quais é acusado. E ao contrário do ex-presidente, que só é aplaudido em seus próprios comícios, Sérgio Moro e Janaína Paschoal são ovacionados em qualquer lugar por onde passem.

Advertisements
Anúncios

4 comentários sobre “Recurso de Lula à ONU ofende Poder Judiciário e o povo brasileiro

  1. Ofende a mídia que quer Lula fora da política, não ao povo brasileiro. Tanto é fato que queremos Lula de novo e maioria do povo também. Vejam pelas pesquisas. O problema é que como não tem ninguém pra enfrentá-lo nas eleições, querem torná-lo inelegível. Muito curioso, porque o Temer está inelegível e hoje é o “querido” presidente do BRASIL. Não venham culpar o povo, nem tampouco falar em nome de nós…

  2. O que me deixa triste é pelo espaço que é dado a Roberto Jeferson na mídia. Fico pensando o quantoa mídia está carente de pessoas capazes que não precisariam apelar, dando espaço a um ser desagradável e bandido confesso como esse. Nós pessoas de bem, somos obrigados a vê-lo e ler às duas explicações que não justifica nada. Vamos ter mais criatividade e criar algo que valha à pena ser publicado, senhor aditor.

Deixe uma resposta