Pedido contra Moro cria guerra entre Lula e Associação de Juízes

A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) repudiou a denúncia feita pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o juiz Sergio Moro no Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unida. Para os magistrados, trata-se de uma tentativa de paralisar o trabalho da Justiça brasileira.

“A AMB reitera sua preocupação, externada em diversas oportunidades, frente às manobras para intimidar a atividade desempenhada pelos juízes brasileiros. O juiz Sergio Moro é exemplo e tem sido alvo recorrente de grande pressão por sua importante atuação”, diz nota de repúdio.

Lula reagiu, respondendo por meio de nota que “Moro não está acima da Lei”. Segundo os advogados do petista, “O Poder do Estado não é ilimitado e as medidas legais servem justamente para impedir ações arbitrárias ou ilegais de agentes estatais contra qualquer cidadão”.

O embate criado pelo ex-presidente ao denunciar Moro não é nada positivo para quem sofre acusações como formação de quadrilha e tráfico de influência, ainda mais depois de Lula ter se tornado réu por conspirar contra a Lava Jato. Segundo especialistas, a ação de Lula pode obrigar o STF a tomar uma postura mais dura com o petista afim de não comprometer a imagem do Judiciário brasileiro.

Quando ao pedido feito por Lula na ONU, não há nada que a organização possa fazer que salve Lula de ser preso pelos crimes praticados no Petrolão. Segundo especialistas, a ação é inócua não só pela completa legalidade nas ações do juiz Moro como também pelo fato de que o Comitê de Direitos Humanos da ONU levará ao menos dois anos para avaliar o pedido. Até lá o presidente provavelmente já estará preso. Além disso, a ação do petista mostra que Lula se vê como um cidadão acima da lei, algo que as autoridades do Judiciário não podem permitir.

Advertisements
Anúncios

6 comentários sobre “Pedido contra Moro cria guerra entre Lula e Associação de Juízes

  1. Enquanto a ONU analisa a piada de LULA, seria bom o Juiz Moro mandar a PF guardar o ex presidente numa cela na papuda ou na carceragem de Curitiba.

  2. Lula e sua gangue sao tão culpados que nao medem as consequências que esta medida trará para eles.
    Vale o ditado de que quem nao deve nao teme, mas pelo visto estão tremendo de medo do xadrez. Alias onde ja deveriam estar a muito tempo.

  3. Está na hora de Lula pedir azilo politico, já que se julga tão perseguido. A Venezuela, Iran, Zimbábue ou Coréia do Norte ficariam felizes com ele. No mesmo avião leva a Dilma e os tesoureiro do PT.

Deixe uma resposta