Erundina ataca Marta Suplicy por ela ter saído do PT

A pré-candidata do PSOL a prefeitura de São Paulo, Luiza Erundina, que sempre jura ser “de oposição ao PT”, atacou a também pré-candidata Marta Suplicy, do PMDB, alegando que sua saída do PT implica em “traição.”

Erundina já foi petista no passado, e saiu para o PSOL. A saída de Marta para o PMDB foi, na realidade, estratégica. Ela percebeu que o partido estava afundando e que eles iriam apostar novamente em Fernando Haddad, apesar de sua alta rejeição já nos primeiros anos de mandato. A psolista, por sua vez, considera que sair do PT para o PSOL não seja traição alguma, isso talvez signifique que estar no PSOL significa o mesmo que continuar no PT.

Para sustentar essa tese, é só lembrar do que a própria Erundina disse durante a sabatina com Folha de São Paulo, UOL e SBT, quando deixou claro que se for eleita terá petistas em seu governo. O que muitos internautas acusam é que Erundina está fazendo um jogo. Ela sabe que tem pouquíssimas chances de vencer, então aposta que ataques contra Marta Suplicy – que está na frente dela e Haddad nas pesquisas – possam reverter votos para Haddad. Seu objetivo, de fato, não é se eleger, mas reconduzir o PT à prefeitura.

Anúncios

Um comentário sobre “Erundina ataca Marta Suplicy por ela ter saído do PT

Deixe uma resposta