Dilma, em tom cínico, diz que caixa 2 é “problema do PT”

Dilma Rousseff, em entrevista sobre a questão do caixa 2 praticado em sua campanha de 2010, declarou que isso é um “problema do PT”, lavando suas mãos da responsabilidade. Na semana passada o marqueteiro das campanhas de Dilma, João Santana, e sua esposa e sócia Mônica Moura, declararam durante delação premiada ao juiz Sérgio Moro que receberam US$ 4,5 milhões em forma de caixa 2 para pagar dívidas da campanha de Dilma.

“Se ele recebeu US$ 4,5 milhões, não foi da organização da minha campanha”, disse a presidente afastada. Ela também declarou que “tudo o que ficou pendente de sua campanha de 2010 passa a ser de responsabilidade do partido.”

Dilma alega, ainda, que “há uma tentativa sistemática” por parte da mídia de desestabilizá-la, e que as perspectivas negativas quanto a votação no Senado são invenção. Entretanto isso contradiz o que seu ex-marido, Carlos Araújo, disse no início do mês, quando informou que Dilma, apesar de ainda estar lutando por seu mandato, já reconhece a derrota e se prepara para voltar ao Rio Grande do Sul.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta