Sentença de falso tribunal será anexada por Cardozo à defesa de Dilma no Impeachment

O ex-advogado geral da União José Eduardo Cardozo disse em vídeo que pretende anexar a sentença proferida pelo Tribunal Internacional pela Democracia à defesa da presidente afastada Dilma Rousseff na Comissão Especial do Impeachment no Senado. O vídeo foi postado na página de Dilma no Facebook.

Sem título

A decisão de Cardozo causa polêmica por não se tratar de um tribunal de verdade. O Tribunal Internacional pela Democracia não é nenhuma entidade jurídica reconhecida, mas sim um grupo de militantes de extrema-esquerda provenientes de vários países que vieram ao Brasil à convite do Partido dos Trabalhadores para simular um julgamento político do Estado Brasileiro por conta do processo do impeachment.

Em um julgamento simulado que não cumpriu com as normas do Direito, o grupo condenou o Brasil e concluiu que o processo de impeachment de Dilma foi um golpe parlamentar.

O Tribunal pela Democracia tem sido vendido por blogs e políticos da extrema-esquerda como um organismo internacional, o que pode caracterizar estelionato e falsidade ideológica, complicando ainda mais a posição de Dilma Rousseff.

Os organismos internacionais legítimos e reconhecidos avaliaram que o processo de impeachment de Dilma Rousseff foi uma decisão legitima e legal que se deu de acordo com os princípios constitucionais e dentro das normas democráticas. A ONU e os tribunais de Direitos Humanos também reconheceram o processo do impeachment e a legitimidade do governo do presidente interino Michel Temer.

Veja o vídeo:

Quem não consegui acessar o vídeo, pode clicar aqui.

Anúncios

6 comentários sobre “Sentença de falso tribunal será anexada por Cardozo à defesa de Dilma no Impeachment

  1. EU FICO COM VERGONHA DE MEU COLEGA DE PROFISSÃO AO VÊ-LO APELAR PARA ALGO TÃO FALSO, AFINAL O ADVOGADO TEM QUE LUTAR PELA VERDADE E NÃO POR UMA FARSA. SE A OAB FOSSE REALMENTE EFETIVA, DEVERIA SE MANIFESTAR LEVANDO O ASSUNTO À COMISSÃO DE ÉTICA PARA CASSAÇÃO DO REGISTRO DO DITO CUJO

Deixe uma resposta