Radar “defeituoso” aplicou mais de 17 mil multas indevidas em São Paulo

Instalado em uma importante avenida na zona leste de São Paulo, um certo radar “defeituoso” foi responsável por mais de 17 mil multas aplicadas indevidamente aos motoristas da capital.

Após a falha ter sido descoberta devido ao excessivo número de reclamações, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), admitiu a falha, informando que as multas aplicadas de forma errada serão anuladas. Segundo a revista Exame, a “falha” só foi devidamente apurada quando motoristas de transporte coletivo começaram a reclamar de multas, apesar de andarem dentro da velocidade permitida – 40 km/h.

“O ônibus passava em uma velocidade, mas o radar mostrava outra”, afirmou Valdevan Noventa, presidente do Sindicato dos Motoristas. Noventa também disse que muitos motoristas chegaram a pagar as multas indevidas, e que agora terão que correr atrás de ressarcimento.

Muitas pessoas suspeitam de fraude, pois no mês de maio Haddad e dois secretários de seu governo viraram réus em um processo civil. A acusação foi justamente por “indústria da multa”. Além da acusação sobre aplicação indevida de multas há também a de desvio de finalidade. As denúncias foram aceitas pela juíza Carmen Cristina Fernandez Teijeiro e Oliveira, da 5ª Vara da Fazenda Pública em 19 de maio.

Anúncios

2 comentários sobre “Radar “defeituoso” aplicou mais de 17 mil multas indevidas em São Paulo

Deixe uma resposta