Termo assinado: João Santana fará delação

Considerados detentores de informações bombásticas relacionadas ao PT, o ex-marqueteiro do PT, João Santana. e sua mulher e sócia, a empresária Mônica Moura, assinaram termo de confidencialidade com a Procuradoria-Geral da República (PGR), conforme diz O Globo.

A assinatura do documento demarca o início do processo formal da delação premiada, antecedendo a assinatura do acordo com a Justiça.

Em abril, Mônica havia tentado um acordo de colaboração individual, mas não obteve sucesso, uma vez que os procuradores não aceitaram os termos do compromisso assumido por ela.

Nesta quinta-feira (21), pela primeira vez em cinco meses desde a prisão de ambos, o casal estará frente a frente com o juiz Sérgio Moro.

 

Anúncios

Deixe uma resposta