Temer reduzirá em 25% gastos com publicidade em 2017

O presidente interino Michel Temer tem como meta, desde que assumiu o posto, a redução de despesas públicas, e sua principal intenção no momento é reduzir em até 25% os gastos com publicidade estatal para o ano que vem – este ano já não está mais ao seu alcance. Dentre os alvos principais dos cortes de gastos estão estatais como Correios e Eletrobras, que já enfrentam problemas financeiros graves.

Só na primeira metade deste ano, o Governo Federal gastou mais de R$ 386 milhões em propaganda, o que inclui subsídios dados a blogs governistas. Além do corte nas publicidades institucionais, Temer pretende fechar a TV Brasil, cuja audiência é baixa e o custo é elevado, e também quer reformular a EBC, Empresa Brasileira de Comunicação, responsável por canais públicos de rádio e TV ligada à Secretaria de Comunicação Social da Presidência.

O plano é apresentado em Medida Provisória, que tem como finalidade tornar o restante do investimento exclusivo para serviços de utilidade pública, como as campanhas de conscientização dos ministérios da Saúde e Educação.

 

Anúncios

Deixe uma resposta