Rodrigo Maia levará decisão sobre CPI da UNE ao plenário

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se pronunciou sobre a CPI da UNE. Segundo declaração do próprio deputado ao UOL, a proposta de criação deve ser submetida ao plenário da Casa. A medida atende recurso do PSDB para tentar garantir a instalação da comissão.

Segundo o deputado, essa foi uma das promessas feitas ao PSDB em troca de apoio para sua eleição à presidência, de que pautaria o recurso dos tucanos para a instalação da CPI. Os deputados do PSDB haviam apresentado recurso contra decisão do ex- presidente Waldir Maranhão (PP-MA), que anulava a criação da CPI. O antecessor de Maia afirmou em seu ato que não havia “fato determinado” a ser investigado. O requerimento para criar uma investigação sobre a UNE fala em averiguar o uso de verbas públicas pela entidade estudantil.

Dos partidos que formaram a aliança para a vitória de Rodrigo Maia, o PCdoB é o maior opositor da comissão. Apesar da proposta de CPI ter sido requerida por Marco Feliciano (PSC-SP), o PCdoB avalia que se trata de uma “vingança de Eduardo Cunha contra o movimento estudantil e a esquerda”. PT, PSOL e Rede sustentam posições semelhantes. A histórica ligação da UNE com o PCdoB provocou rumores de que o presidente Rodrigo Maia houvesse trocado o apoio dos comunistas pelo fim da CPI.

Para o deputado federal Bruno Covas (PSDB-SP) (que chegou a ser indicado pelo partido para compor a comissão), não há motivos para desconfiar que Maia irá trair o acordo. “Nos encontros da bancada do PSDB, perguntamos a todos os candidatos como eles agiriam em relação a essa questão da CPI da UNE. E o Rodrigo Maia se comprometeu a levar ao plenário o nosso recurso. Acreditamos que ele vá honrar o compromisso”.

A CPI da UNE conta com o apoio de diversas entidades estudantis, além de juventudes partidárias e movimentos sociais que reivindicam maior pluralidade e transparência na organização. Uma das principais alegações é que só o PCdoB elege presidentes para a entidade. O fato é histórico, já que os comunistas tem comandado a UNE desde o presidente Lindbergh Farias (que era filiado ao PCdoB quando comandou a organização). A atual presidente Carina Vitral também é filiada, e foi apresentada como pré-candidata do partido para a prefeitura de Santos.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta