Filme vai mostrar o lado obscuro de Lula

“Lula – Nunca Antes”, este é o nome do novo filme sobre o ex-presidente Lula. A diferença, dessa vez, é que filme irá retratar a verdadeira história do petista, coisa que “Lula, o filho do Brasil” não fez, por se tratar de uma peça de propaganda.

Na realidade a produção é um documentário, que irá chafurdar na história para ver se “o mito corresponde ou não à realidade”, conforme as palavras de Sérgio Sá Leitão, da produtora Escarlate. Leitão também escreveu o roteiro, junto com o escritor Guilherme Fiuza, autor de “Meu nome não é Johnny” e o humorista do extinto programa Casseta & Planeta, Marcelo Madureira, que também é autor de “As aventuras de Agamenon, o Repórter”.

Moacyr Góes, cineasta, dirigirá a peça. Góes tem em seu currículo vários filmes, dentre eles “Irmãos de dé”, algumas produções da Xuxa e “O homem que desafiou o Diabo”, além de uma recente adaptação de Nelson Rodrigues, “Bonitinha, mas ordinária”. Será a primeira vez do diretor com documentário, uma ambiciosa obra que pretende buscar informações sobre toda a carreira de Lula, quase como um dossiê.

“O filme vai recuar para a militância do nacionalismo e como isso desaguou nesse super-esquema de corrupção”, explicou um dos autores do roteiro. O documentário não contará com dinheiro de nenhuma das leis de incentivo, e Leitão também informa que pretende lançar, futuramente, uma obra ficcional sobre Celso Daniel, prefeito assassinado de Santo André, cujo caso até hoje permanece misterioso.

Anúncios

3 comentários sobre “Filme vai mostrar o lado obscuro de Lula

  1. Será que vai escancarar as falcatruas no sindicato dos metalúrgicos do ABC. E suas reticências quanto à entrada de outras categorias de trabalhadores dentro do PT. Tem muita sujeira imperdoável desses lideres carismáticos brasileiros. Precisamos parar de alimentar as ambições desse tipo de pessoa.

Deixe uma resposta para Josué M. A. Cancelar resposta