Filme vai mostrar o lado obscuro de Lula

“Lula – Nunca Antes”, este é o nome do novo filme sobre o ex-presidente Lula. A diferença, dessa vez, é que filme irá retratar a verdadeira história do petista, coisa que “Lula, o filho do Brasil” não fez, por se tratar de uma peça de propaganda.

Na realidade a produção é um documentário, que irá chafurdar na história para ver se “o mito corresponde ou não à realidade”, conforme as palavras de Sérgio Sá Leitão, da produtora Escarlate. Leitão também escreveu o roteiro, junto com o escritor Guilherme Fiuza, autor de “Meu nome não é Johnny” e o humorista do extinto programa Casseta & Planeta, Marcelo Madureira, que também é autor de “As aventuras de Agamenon, o Repórter”.

Moacyr Góes, cineasta, dirigirá a peça. Góes tem em seu currículo vários filmes, dentre eles “Irmãos de dé”, algumas produções da Xuxa e “O homem que desafiou o Diabo”, além de uma recente adaptação de Nelson Rodrigues, “Bonitinha, mas ordinária”. Será a primeira vez do diretor com documentário, uma ambiciosa obra que pretende buscar informações sobre toda a carreira de Lula, quase como um dossiê.

“O filme vai recuar para a militância do nacionalismo e como isso desaguou nesse super-esquema de corrupção”, explicou um dos autores do roteiro. O documentário não contará com dinheiro de nenhuma das leis de incentivo, e Leitão também informa que pretende lançar, futuramente, uma obra ficcional sobre Celso Daniel, prefeito assassinado de Santo André, cujo caso até hoje permanece misterioso.

Anúncios

3 comentários sobre “Filme vai mostrar o lado obscuro de Lula

  1. Será que vai escancarar as falcatruas no sindicato dos metalúrgicos do ABC. E suas reticências quanto à entrada de outras categorias de trabalhadores dentro do PT. Tem muita sujeira imperdoável desses lideres carismáticos brasileiros. Precisamos parar de alimentar as ambições desse tipo de pessoa.

Deixe uma resposta