Singer afirma: “Petistas deixaram a esquerda sem voz”

Um dos mais conhecidos acadêmicos da extrema-esquerda, o cientista social André Singer, demonstrou bastante incômodo com o voto em peso do PT no candidato do DEM, Rodrigo Maia, que acabou sendo eleito presidente da Câmara na madrugada de quinta-feira (14).

Singer afirmou: “Em lugar de se esforçar por unir os segmentos anti-impeachment,os petistas deixaram a esquerda sem voz. Optaram por manobras à meia luz, despolitizando disputa crucial”.

O cientista também reconheceu que a ação petista prejudica as chances de Dilma voltar ao poder em agosto, quando ocorre a votação definitiva do impeachment: “As chances de reverter o impedimento no Senado esmaeceram, junto com a presença institucional da esquerda”.

Muitos petistas estão irritados com o apoio a Maia pelo fato de que o atual presidente da Câmara apoiou publicamente o impeachment. Com isso, o PT passou a encontrar mais problemas para manter sua narrativa de que “há um golpe”.

Anúncios

Deixe uma resposta