Operação Lava-Jato: Lula terá que mostrar sua agenda de encontros com políticos e entidades

Em ofício enviado ao Palácio do Planalto, o Ministério Público Federal do Paraná, principal órgão responsável pela Operação Lava-Jato, requisitou informações sobre todos os encontros que o ex-presidente Lula teve com políticos e entidades enquanto ainda exercia o cargo.

O objetivo, segundo os responsáveis, é averiguar irregularidades como recebimento de favores políticos, negociatas e até mesmo dinheiro recebido ilicitamente. Através da agenda do ex-presidente será possível apurar informações mais detalhadas sobre suspeitas que a Polícia Federal e o MPF já sustentam, com base em diversas delações que envolvem Lula e outros membros do alto escalão do PT.

Anúncios

Deixe uma resposta