PF descobre mensagem em que Paulo Bernardo (PT) cobra propina atrasada da Andrade Gutierrez

“Confira pois caiu agora”, é isso o que diz uma mensagem enviada pelo ex-presidente da Andrade Gutierrez a Paulo Bernardo, ainda em 2014. Paulo, na ocasião, era Ministro das Comunicações de Dilma. Otávio de Azevedo, na época presidente da Andrade Gutierrez, teria sido cobrado por Paulo Bernardo referente a propina atrasada.

Ao menos é o que vêm mostrando o relatório da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, órgãos que investigam diversos políticos de vários partidos por crimes envolvendo corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e outros. Paulo Bernardo é marido de Gleisi Hoffmann, senadora petista que também passa por investigação e que foi acusada por seis delatores de recebimento de propina.

“As mensagens de 30 de agosto de 2014 e 3 de setembro de 2014 parecem sugerir que Paulo Bernardo estaria questionando Otávio de forma velada acerca de depósito, conforme se observa. Em 30 de agosto de 2014, Paulo Bernardo envia: ‘Doutor Otavio, bom dia! Confirma nossa conversa para o dia dois?’ Otávio responde: ‘Confirmo.’ E Paulo Bernardo envia: ‘Obrigado. Abraço.’ No dia 3 de setembro de 2014 Otávio envia mensagem: ‘Confira pois caiu agora!!!”, anota a Polícia Federal.

Advertisements
Anúncios

Um comentário sobre “PF descobre mensagem em que Paulo Bernardo (PT) cobra propina atrasada da Andrade Gutierrez

Deixe uma resposta