Lindbergh reconhece erro estratégico do PT ao apoiar Rodrigo Maia

O site petista Brasil247 informou que o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) ficou fortemente incomodado com o apoio de setores da extrema-esquerda ao deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) no segundo turno da disputa para a presidência da Câmara.

Lindbergh afirmou: “Eu não consigo entender como alguém de esquerda fica feliz com a vitória de Rodrigo Maia”.

Outro aspecto que tem incomodado mundo à extrema-esquerda é o impacto causado na narrativa padrão adotada pelo PT e seus aliados. Quanto a isso, Lindbergh considera revoltante o apoio a um senador que apoiou o impeachment: “A gente fez tanta trapalhada nesse processo e tem que aprender com essa lição. Como é que a gente está lutando pela volta da presidente Dilma em agosto e vota em Rodrigo Maia? Tem gente nossa aplaudindo. Teria sido muito melhor firmar a nossa marca.”

Estrategicamente, o maior impacto é que a narrativa de que “há um golpe” fica comprometida após o apoio oficial do partido a um deputado que ao mesmo tempo é aliado de Temer e que votou em favor do impeachment. Para os adversários do PT, isso reforça os argumentos de que o partido bolivariano tem sido contraditório e desonesto em suas narrativas, bem como reforça o fato de que o processo legal de impeachment é completamente válido, visto ter sido defendido por um deputado apoiado pelo PT.

O PT ainda não divulgou nenhuma nota esclarecendo se vai rotular ou não Maia de golpista após tê-lo apoiado na votação de ontem.

Anúncios

Deixe uma resposta