Kátia Abreu mostra não levar a sério a narrativa de “golpe na democracia”

O Senador Cássio Cunha Lima, líder do PSDB no Senado e favorável ao impeachment de Dilma Rousseff, fez uma brincadeira com seus opositores entregando um chocolate peruano cujo nome é “Golpe”.

Kátia Abreu, que é aliada fiel de Dilma Rousseff e contra o impeachment, fez questão de posar em foto sorrindo ao lado de seu opositor tucano segurando o pequeno chocolate. Não bastasse isso, ainda postou a imagem nas redes sociais se gabando pelo feito.

Aparentemente até os defensores de Dilma já não levam mais tão a sério o discurso sobre o impeachment ser um golpe, tanto é que muitos deles debandaram para outras bandeiras, como exigir novas eleições e coisa do tipo.

A atitude deixa clara impressão de que a senadora Kátia Abreu considera a ideia de um golpe na democracia como se fosse uma piadinha em forma de chocolate, disseram fontes.

Anúncios

Deixe uma resposta