Ex-ministro da SECOM de Dilma, Traumann vazou informações para Andrade Gutierrez

Segundo o Estadão, o ex-ministro da SECOM (Secretaria de Comunicação Social) do governo Dilma Rousseff, Thomas Traumann, vazou informações de uma reunião interna do governo para Otávio Azevedo, presidente da Andrade Gutierrez.

A PF identificou que em um torpedo enviado em 14 de outubro de 2011, Traumann avisou o empreiteiro sobre um projeto relacionado à infraestrutura aeroportuária em São Paulo. O torpedo dizia: “No café da manhã, chefa disse q o entroncamento de rotas c/ GRU e VRC inviabiliza Caieiras”.

Na época, o governo Dilma estudava a implantação de um novo aeroporto internacional em São Paulo, a ser construído em Caieiras.

O projeto interessava à Andrade Gutierrez, que fez, junto com a Camargo Corrêa, uma proposta para construir um terminal chamado Novo Aeroporto de São Paulo (Nasp). O BNDES financiaria o empreendimento com cerca de R$ 5 bilhões.

Ao ser avisado pelo assessor, o empreiteiro retrucou: “Isto foi público?” Traumann respondeu: “Não. Só ministros”.

A SECOM é responsável por liberar verbas e gerenciar contratos de publicidade firmados pelo Governo Federal. Em maio 2016, a entidade esteve ligada ao escândalo dos blogs petistas, quando se descobriu que o governo Dilma havia destinado mais de R$ 10 milhões para um conjunto de sites propagadores de narrativas petistas.

Anúncios

Deixe uma resposta