“Desespero de quem causou rombo”, diz Agripino sobre críticas de Lula às privatizações

José Agripino (RN), presidente do Democratas, comentou as declarações raivosas do ex-presidente petista Luís Inácio Lula da Silva, que afirmou que a gestão Michel Temer “privatiza por não governar”. Agripino argumenta que as privatizações, concessões e Parceria Público-Privada (PPP) são o caminho para livrar o Brasil da estagnação econômica que se encontra, com uma dívida interna em torno de R$ 2,8 trilhões.

O senador questionou: “Com a quebradeira que o país se encontra, que alternativa há para construir aeroporto, porto, rodovia, ferrovia senão aquela, que já deu certo, que são as concessões e privatizações? O Brasil vai deixar de fazer o que o mundo moderno faz?”.

Ele ainda comentou: “O país inteiro, de norte a sul, tem uma opinião sensata e madura no sentido de entender que herdamos do PT uma situação econômica dificílima”.

Agripino disse estar certo de que hoje em dia única saída para tentar tirar o país da estagnação é por meio do capital privado. “O capital privado precisa chegar para fazer a infraestrutura que hoje falta no Brasil e para qual o orçamento próprio da União, em função da recessão instalada, não vai dispor deste recurso. Não há outro caminho […] O que o Brasil passa hoje é, sem dúvida, decorrente de um erro que foi cometido lá atrás”.

Para Agripino, com afirmações nas quais diz que o governo Temer vai “acabar com programas sociais” e “vender o patrimônio”, o PT quer não somente assustar a população com “falácias” como fugir da responsabilidade por ter deixado o Brasil viver sua maior crise econômica, com um rombo de R$ 170 bilhões, só em 2016.

Por fim, o parlamentar lembrou de quando Lula comemorou o pagamento da dívida externa ao FMI, mas deixando o país com uma dívida interna trilionária, cuja taxa de juros é de R$ 500 bilhões. “Na época, bateram no peito para dizer com ufanismo ‘não devemos mais nada ao FMI’ e hoje devem R$ 2,8 trilhões ao povo brasileiro, com o risco de não pagar. Essa é a constatação real”.

Advertisements
Anúncios

Um comentário sobre ““Desespero de quem causou rombo”, diz Agripino sobre críticas de Lula às privatizações

Deixe uma resposta