Aliado de Dilma, Cid Gomes terá de pagar R$ 40 mil de indenização a Temer

Tem sido um costume da administração petista lançar mão de propagadores de narrativas de ataque contra oponentes. Mas desta vez, a tática deu errado, pois um desses propagadores foi punido por exceder nas ofensas.

O caso se refere ao ex-governador do Ceará, Cid Gomes, condenado a pagar uma indenização ao presidente em exercício, Michel Temer, no valor de R$ 40 mil reais por ter afirmado que o peemedebista era um chefe de quadrilha.

No ano passado, Cid Gomes comentou, em entrevista: “Muito menos o Brasil pode avançar se entregar a Presidência da República ao símbolo do que há de mais fisiológico e podre na política brasileira, que é o PMDB liderado por Michel Temer, chefe dessa quadrilha que achaca e assola o nosso País.”

A decisão, conforme diz o site JOTA, foi tomada pela Quarta Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios em grau de apelação. Na primeira instância, o pedido de indenização havia sido negado. A juíza Fernanda Almeida Coelho de Bem tinha definido ainda que Temer pagasse as custas e honorários, no valor de R$ 1,8 mil. Agora, porém, a decisão foi revertida em favor do presidente em exercício.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta