Segundo PF, Odebrecht comprou sede para o Instituto Lula

De acordo com documentos obtidos pela Polícia Federal, a empreiteira Odebrecht adquiriu um prédio na Vila Clementino, São Paulo, com o intuito de instalar ali a sede do Instituto Lula. A aquisição feita em 2010, foi feita em nome da DAG Construtora. O proprietário da DAG é Demerval Gusmão, amigo e parceiro de negócios de Marcelo Odebrecht, que já havia aparecido nas investigações da Operação Lava Jato por ter fretado um jatinho para que o ex-presidente Lula viajasse para Cuba e República Dominicana. As informações são do jornal O Globo.

Os documentos mostram que a aquisição do imóvel custou R$ 12, 3 milhões, quase duas vezes o valor declarado pela DAG, que declarou oficialmente ter desembolsado R$ 6, 8 milhões pelo imóvel. O valor é considerado compatível com os R$ 12,4 milhões anotados ao lado da expressão “prédio (IL)”, que consta na planilha “Programa Especial Italiano”, apreendida no e-mail de Fernando Migliaccio, um dos executivos do departamento de propinas da Odebrecht.

lula-empreiteira-desk.png

Segundo as investigações, a família Lula da Silva tinha pleno conhecimento dos planos envolvendo o imóvel. Durante as buscas da Polícia Federal no sítio Santa Barbara, em Atibaia, a força tarefa encontrou pasta cor de rosa endereçada a dona Marisa Letícia. Em meio ao material, a PF encontrou um projeto de reforma do imóvel, que incluía auditório, sala para exposição e até apartamento com cinco suítes na cobertura.

Advertisements
Anúncios

2 comentários sobre “Segundo PF, Odebrecht comprou sede para o Instituto Lula

  1. Quero ver o final dessa longa novela onde parece a história de ,quem matou Odete Rhoitman!!! Será que so prendem pessoas que roubaram pouco? Qual a dificuldade de prender esse criminoso? No dia da real prisão desse lixo vai ser feriado nacional!!!

Deixe uma resposta