“Castro é pau-mandado do PT”, diz Reinaldo Azevedo

Sobre a estranha candidatura do ex-ministro de Dilma, Marcelo Castro (do PMDB), à presidência da Câmara, o colunista Reinaldo Azevedo é enfático ao lembrar que essa indicação “não vem a troco de nada”.

Castro tem recebido apoio do PT. Já se suspeita que o partido bolivariano tenta emplacá-lo no cargo para sabotar o governo Temer e ainda evitar a votação de projetos que atinjam aparelhamentos realizados por Lula e Dilma. Entre as votações que possivelmente seriam barradas por Castro se incluiria o veto a uma CPI da UNE. Para Azevedo, Lula está por trás da candidatura de Castro.

Causou certo impacto psicológico o fato do PT ter definido um opositor de Temer dentro do partido do atual presidente interino. Porém, Azevedo lembra que Castro conseguiu apoio de apenas 28 deputados do PMDB, dentro de uma bancada de 68. Estima-se que Castro tenha a capacidade de conquistar o voto de 120 deputados, contando com o apoio de toda a extrema-esquerda, representada por PT, PCdoB e PDT. Assim, ele levaria a eleição para o segundo turno, causando desgaste para o governo Temer.

Veja a opinião de Reinaldo Azevedo:

Anúncios

Deixe uma resposta